LINHA DO TEMPO DA HISTÓRIA

LINHA DO TEMPO DA HISTÓRIA

LINHA DO TEMPO BRASIL

LINHA DO TEMPO BRASIL

LINHA DO TEMPO REPÚBLICA BRASILEIRA

LINHA DO TEMPO REPÚBLICA BRASILEIRA

TU TU TU TUPI (Música)

http://letras.terra.com.br/helio-ziskind/387577/

Conheça esta canção composta por Hélio Ziskind e descubra muitas palavras de origem Tupi Guarani que fazem parte do nosso vocabulário.

HÉLIO ZISKIND

HÉLIO ZISKIND
Hélio Ziskind é artista, músico, compositor, produz CDs infantis, trilhas para Rádio e TV, CDs para projetos educacionais (Guias de Exposições de Artes Plásticas, CDs para livros didáticos).

CONHEÇA PALAVRAS QUE SÃO DE ORIGEM INDÍGENA

BREVE DICIONÁRIO TUPI-GUARANI

Abacaxi, arapuca, arara, capim, catapora, cipó, cuia, cumbuca, cupim, jabuti, jacaré, jibóia, jururu, mandioca, mingau, minhoca, paçoca, peteca, pindaíba, pipoca, preá, sarará, tamanduá, tapera, taquara, toca, traíra, xará... Pesquise e conheça os significados acessando o link abaixo:

http://www.areaindigena.hpg.ig.com.br/dicionario.htm







Muitas palavras que estão no nosso dia-a-dia são de origem indígena

CULTURAS AFRICANAS INFLUENCIARAM NOSSO IDIOMA

O português que falamos no Brasil tem muitas palavras de origem africana, você sabia? Isso acontece porque - principalmente durante o período colonial - os negros foram trazidos da África como escravos, para trabalhar na lavoura. Por exemplo:

1 - cafundó - lugar longínquo
2 - camundongo - rato, ratazana (aquele tipo que em inglês é chamado "mouse" e em alemão é chamado "Maus")
3 - maribondo - um tipo de vespa (a palavra "marimbondo" já é uma distorção da palavra original)
4 - jiló - tipo de vegetal amargo
5 - mangar - fazer troça, zombar
6 - capanga - um tipo de bolsa; também pode ser pistoleiro ou um tipo de guarda-costas


Pesquise, conheça novas palavras e seus significados nos links abaixo:

http://www.culturanegra.com.br/africanalinguaportuguesa.htm

http://educacao.uol.com.br/cultura-brasileira/ult1687u24.jhtm

http://recantodaspalavras.wordpress.com/2008/07/10/bambi-nasceu-na-frica/



HERANÇAS DA ÁFRICA

sábado, 21 de novembro de 2009

O LIVRO E A AMÉRICA - Castro Alves (excertos)


CASTRO ALVES
 

Por uma fatalidade
Dessas que descem de além,
O sec'lo, que viu Colombo, 
Viu Guttenberg também.
Quando no tosco estaleiro
Da Alemanha o velho obreiro
A ave da imprensa gerou...
O Genovês salta os mares...
Busca um ninho entre os palmares
E a pátria da imprensa achou...
   
Por isso na impaciência
Desta sede de saber,
Como as aves do deserto
As almas buscam beber...
Oh! Bendito o que semeia
Livros... livros à mão cheia...
E manda o povo pensar!
O livro caindo n'alma
É germe — que faz a palma,
É chuva — que faz o mar,


Conheça a vida e a obra do poeta Castro Alves, baiano ilustre, poeta dos escravos. Copie e cole na barra de endereços o link abaixo.

Um comentário:

  1. Zizãoo,
    olha eu aqui conhecendo o seu blog!
    castro Alves é um grande xpoente da nossa literatura,
    retratou poeticamente uma parte da nossa história que muitos fizeram questão de ignorar, pq esquecer não é póssivel.

    adorei aqui.
    volto a cada postagem :D

    grande bjo
    da sua aluna que nunca irá te esquecer
    Karina Lie
    :*

    - se quiser me visita tbm:
    akaraje.blogspot.com

    ResponderExcluir